Regional Telhas

Conheça agora os tipos de perfil estrutural e suas aplicações

Conheça agora os tipos de perfil estrutural e suas aplicações
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Um perfil estrutural é o grande responsável pela estabilidade de uma construção feita com este tipo de material. Por sua grande robustez e resistência, os perfis podem ser utilizados de diversas maneiras em uma obra.

Desde uma cobertura metálica até a estrutura principal de um prédio, os perfis proporcionam dureza e leveza ao mesmo tempo que tornam os projetos mais práticos de serem implementados.

Neste artigo, vamos mostrar como isso é possível e explicar porque essa opção é viável. Durante o texto, apresentaremos o mundo estrutural dos perfis metálicos, seus diferentes tipos e aplicações específicas.

Além disso, explicaremos quais são os seus processos de fabricação, situações em que podem ser aplicados e, por fim, porque a qualidade do material escolhido é um dos aspectos mais importantes de uma estrutura que usa perfis. Acompanhe!

O que é um perfil estrutural?

O perfil estrutural é uma das estruturas mais utilizadas em determinados segmentos construtivos, como a construção civil e o setor industrial. Tratam-se de peças metálicas constituídas de aço e que se apresentam em diversos formatos. São muito usados também na construção de grandes estruturas metálicas.

Cada tipo de perfil atende a uma característica específica. Normalmente eles são empregados de acordo com a capacidade de carga requerida em projeto. No entanto, é relativamente  comum que sejam usadas combinações de diferentes tipos de perfis, com o objetivo de atender a demanda do projeto.

Quais são as funções dos perfis estruturais?

Os perfis estruturais (como o próprio nome já indica) têm a função básica de proporcionar resistência à estrutura de um determinado projeto. Isso quer dizer que toda a parte acessória de uma construção é alicerçada no conjunto estrutural fornecido pelos perfis.

Dessa forma, eles podem ser utilizados em incontáveis aplicações. Apenas para citar algumas, podemos mencionar que servem de base estrutural para telhados e coberturas, vigamentos, pilares, treliças e demais estruturas metálicas.

Por que eles são utilizados nas construções?

O processo construtivo de uma edificação envolve inevitavelmente a parte estrutural. Paredes, coberturas, mezaninos, enfim, todas essas estruturas precisam ser apoiadas em algo sólido e confiável. É aí que entram os perfis estruturais.

Eles servem para prover essa base sólida e são utilizados na confecção de tesouras, treliças e vigas nas construções. Podem ser usados também como terças de apoio na instalação de coberturas metálicas que usam telhas termoacústicas e painéis de fachada.

Quais tipos de perfis estruturais existem?

Existem diversos tipos de perfis e cada um deles atende um determinado interesse. Normalmente, eles recebem apelidos por conta do seu desenho, sendo U para o simples e G aos considerados enrijecidos.

Além destes, há também o perfil cartola que tem o formato de um chapéu. O perfil cantoneira, bastante conhecido e utilizado em forma da letra L. Por fim, os perfis I, H e W são caracterizados por passarem por um processo produtivo diferenciado dos demais.

 

Quais são as características de cada um dos perfis?

Um grande diferencial entre os vários modelos de perfis estruturais está exatamente em seus processos de fabricação. Os perfis comuns, como o U simples e o G enrijecido são fabricados por meio de um processo conhecido como perfilação. São usadas chapas de aço com espessura que variam de 2 a 3 milímetros.

Já os perfis estruturais do tipo I, H e W são feitos de outra forma. O processo utilizado na fabricação desses modelos é o de extrusão. A grande característica dessa forma de produção é a utilização de aço derretido.

Quais são os diferenciais de cada perfil?

Os perfis do tipo U (simples) têm a característica do poder de combinação. Eles podem ser usados em conjunto com outros modelos, como as cantoneiras e os perfis de encaixe. Esse conjunto é utilizado principalmente na confecção de peças como treliças e tesouras.

Já os perfis G (enrijecidos) têm uma resistência bem maior que os do tipo anterior. Dessa forma, são usados como terças de apoio em estruturas maiores. Por fim, os perfis extrusados (I, H e W) são muito robustos dado seu processo de fabricação e podem servir como vigas de apoio.

Por que é importante priorizar a qualidade?

A qualidade do material utilizado é o quesito mais importante no momento de escolher determinado perfil estrutural. Dessa forma, aspectos como estética e custo associado ao perfil não devem, de forma alguma, ser tomados isoladamente.

A principal razão da consideração acima é que os perfis são produtos relacionados à estrutura de um empreendimento. Sendo assim, precisam garantir a segurança dos frequentadores do ambiente. Para atingir esse objetivo, é necessário proporcionar a estabilidade que uma edificação precisa, por meio de materiais de excelente qualidade.

O que se deve considerar para escolher os perfis estruturais nas obras?

Para encontrar o tipo certo de perfil para uma construção, diversos aspectos precisam ser considerados no momento da escolha. Dentre eles, pode-se dizer que os principais fatores são todos aqueles relacionados ao desempenho esperado da obra. Incluem-se nesses quesitos as cargas que serão aplicadas, pois é a partir daí que a resistência necessária será conhecida.

Outro ponto importante na decisão pelos perfis estruturais é evitar escolher materiais que apresentem uma baixa qualidade. Perfis que não têm uma boa procedência também devem ser evitados, pois a segurança dos ocupantes da futura edificação precisa vir em primeiro lugar.

Ademais, materiais com especificação incorreta devem ser descartados, pois indicam falhas no processo de produção dos perfis.

Escolher corretamente o perfil estrutural adequado pode definir o sucesso construtivo de uma edificação. Na verdade, o ideal é que isso seja sempre alcançado, pois a segurança das pessoas que estarão dentro da construção acabada depende disso.

Assim, é preciso conhecer os diferentes tipos de perfis existentes e aplicá-los exatamente como está recomendado em projeto. Qualquer tipo de desvio nesse sentido pode provocar um grande desastre. Por isso é recomendado trabalhar sempre com materiais de qualidade já reconhecida.

Gostou do conteúdo? Então aproveite e siga nosso perfil nas redes sociais. Estamos presentes no Facebook, no Instagram e no YouTube!

EBOOK

Tipos de telha:

conheça os principais e saiba quando usá-los

Faça o download grátis no botão abaixo.