EPI para Construção Civil: quais são indispensáveis para o dia a dia?

6 minutos para ler

O setor de empreendimentos imobiliários é um dos que mais emprega no Brasil. Pelo alto contingente de trabalhadores, torna-se essencial conhecer qual EPI para construção civil é indispensável para a atividade. Tanto gestores de obras quanto trabalhadores devem se informar bem sobre o assunto.

Neste post você encontra informações sobre os principais equipamentos de proteção utilizados em obras de construção. Selecionamos informações sobre quais ações o setor tem tomado em meio à pandemia e o motivo de tanta importância para a saúde dos trabalhadores. Confira!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Como está o setor da construção civil em meio à pandemia?

A pandemia do novo Coronavírus atingiu toda a economia mundial, e com o setor de construção não poderia ser diferente. Pela importância que representa, gerando mais de 6 milhões de empregos diretos e indiretos, a área merece atenção especial.

Nesse sentido, foram tomadas ações pelo Governo Federal, a exemplo da divulgação de ofício circular em abril deste ano com orientações gerais para os trabalhadores do setor. Por meio do documento, são incentivadas várias ações como manter o distanciamento, evitar o compartilhamento de utensílios pessoais e o uso de máscaras.

Além das recomendações governamentais, as empresas do ramo também podem implementar por conta própria uma série de medidas preventivas. Estão incluídas as medidas de delegar o máximo de autonomia possível ao departamento de segurança do trabalho, a fim de controlar o uso das áreas de vivência (uso comum) e promover campanhas de conscientização por meio dos Diálogos Diários de Segurança (DDS).

Qual EPI para construção civil é essencial?

O uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) é regulado por meio da Norma Regulamentadora nº6. Ela indica quais são as responsabilidades de ambos os envolvidos no processo: tanto de empregadores quanto de trabalhadores. Cabe a cada um cumprir sua parte corretamente para ter segurança na obra.

A construção civil está longe de ter apenas um EPI essencial. Isso acontece porque é bastante comum que haja um conjunto de equipamentos para cada função desempenhada. Em canteiros de obras existem aqueles que certamente são indispensáveis a qualquer atribuição exercida.

Capacete

Pode-se dizer que esse EPI é um símbolo do setor, ainda que seja utilizado em vários outros ramos de trabalho também. Devido ao fato de que boa parte do trabalho se dá em altura, é extremamente recomendável que os ocupantes de andares inferiores façam uso do equipamento.

Existem diversos tipos de capacete, como os de aba frontal, de aba total ou até sem aba. O uso de cada tipo deve ser definido por profissional da área de saúde e segurança, assim como os demais EPIs. Um ponto a frisar é que o capacete protege a cabeça e a coluna, inclusive para trabalhos de mesmo nível, onde não há diferença de altura.

Protetores auriculares

Com o intenso trabalho em qualquer canteiro de obras, o ruído existente quase sempre é relevante. As Normas de Trabalho indicam sua utilização para a exposição a um nível de ruído acima de 85 decibéis. O uso dos protetores, no entanto, pode ser indicado para níveis abaixo desse valor como forma de atuação quanto ao nível de ação (quando o limite não é atingido, mas medidas preventivas são tomadas).

Entre os principais tipos de protetores para audição existem o tipo plug e o tipo concha. Esse último apresenta nível mais alto de proteção, sendo indicado para ambientes extremamente ruidosos. A correta indicação de utilização é dada após a aferição do nível do som ambiente, que acontece por meio de uma dosimetria de ruído.

Bota de segurança

Bastante atenção aos pés dos trabalhadores: por conta da possibilidade de ocorrência de queda de materiais, o uso da botina de segurança jamais deve ser dispensado. A maioria dos trabalhadores deve fazer uso de botas que têm biqueira metálica, pois isso reforça a segurança para os dedos do pé.

A exceção fica por conta dos colaboradores que lidam com energia elétrica. Para esses, é proibido o uso de bota com bico metálico, pois em vez de proteger, o EPI pode prejudicar a segurança ao conduzir eletricidade em um eventual contato com a rede. Para esses profissionais, é indicada a bota com bico rígido apenas, sem metal.

Luvas de segurança

Com o trabalho essencialmente manual, é imprescindível proteger as mãos e os dedos. Para isso, é indicado o uso de luvas de proteção. Sua indicação também varia de acordo com a função desempenhada.

Entre os diversos tipos indicados para proteção das mãos, estão aquelas que protegem contra riscos mecânicos (cortes, perfurações e abrasões), contra eletricidade, temperatura, vibrações e umidade, além de proteção contra riscos químicos e biológicos.

Óculos de segurança

A ocorrência de estilhaços e resíduos é bastante comum em obras civis, por isso, proteger os olhos é fundamental, visto que são partes sensíveis do corpo humano. Por mais simples que uma lesão for ao globo ocular, ela pode representar um dano permanente.

Também existem vários tipos de óculos de segurança. Eles oferecem desde proteção mecânica até a proteção contra os raios solares. Novamente, a indicação de uso deve ser feita por profissional habilitado para tal, e cabe ao trabalhador seu correto uso.

Porque utilizar EPIs é importante?

A utilização dos Equipamentos de Proteção Individual é amparada por lei. Isso significa que uma lesão à saúde de um trabalhador tem implicações legais. Como essa é uma via de mão dupla, cabe a cada envolvido fazer sua parte. As responsabilidades mais básicas dizem respeito ao fornecimento do EPI pelo empregador e o uso do equipamento pelos empregados.

Além disso, o não uso pode gerar danos para ambos. O trabalhador pode ter sua saúde comprometida e perder parcial ou temporariamente sua capacidade produtiva, enquanto o empregador, além de ficar sem sua necessária mão de obra, pode incorrer em custos judiciais bastante onerosos.

O uso de EPI para construção civil é essencial para que a atividade seja exercida sem problemas. Voltar para casa com a saúde perfeita é o desejo de qualquer trabalhador. Para que isso aconteça, devem ser observadas as normas inerentes às atividades dos canteiros de obras. Em época de pandemia, também é essencial a instalação de locais para higienização frequente.

Gostou de saber mais sobre o uso de EPIs na construção? Assine nossa newsletter para receber outros conteúdos como este diretamente na sua caixa de email!

Você também pode gostar