Regional Telhas

Estrutura para telhado: aço ou madeira, qual escolher?

estrutura metálica sem telhado
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Na engenharia, com tempo e dinheiro, qualquer projeto pode ser executado. Saber como fazer uma garagem de estrutura metálica pode ser muito proveitoso pelo custo-benefício apresentado por esse modelo construtivo.

O projeto estrutural pode ser extremamente simples, a depender de cada caso, e definir a matéria-prima para a execução dele é fundamental. Essa escolha pode gerar economia de recursos e, principalmente, de tempo. No final das contas, pode ser interessante fazer uma avaliação entre uma estrutura de aço ou de madeira, a fim de encontrar o tipo que melhor se adéqua às necessidades do projeto.

Para ajudar você nessa análise, elaboramos este artigo. Aqui, serão apresentadas diversas características sobre os diferentes materiais que podem ser usados na construção da estrutura de uma garagem. Serão abordados os tipos principais de metal e madeira. Ao final do artigo, você poderá escolher, com segurança, o melhor modelo para a sua construção. Acompanhe!

Quais são as principais características da estrutura metálica?

As estruturas de aço estão começando a ser utilizadas no Brasil. Entre suas vantagens, destacam-se a rapidez de instalação e a menor geração de resíduos. Esse tipo de estrutura costuma ser produzido em fábricas, necessitando apenas da montagem no próprio canteiro de obras, assim que é recebido.

Dessa forma, é possível evitar o desperdício de material e evidenciar a agilidade do processo. Se compararmos a estrutura de aço com a de madeira, a execução de uma obra que utiliza a estrutura metálica para a cobertura chega a ser três vezes mais rápida.

Outro ponto que merece certa atenção em relação às estruturas de aço é o fato de elas contribuírem para o meio ambiente. O seu uso, em detrimento das estruturas de madeira, evita o desmatamento de árvores, e, caso aconteça a sobra de materiais, eles podem ser utilizados para outros fins. O reaproveitamento de eventuais refugos torna a construção em questão muito mais sustentável.

O preço para a fabricação de estruturas de aço está diretamente relacionado com o seu peso. Então, quanto mais leve for a estrutura para as telhas, mais econômica ela será. Por fim, mas não menos importante, esse tipo de estrutura é produzido com precisão milimétrica, ou seja, a tolerância aos erros é baixíssima. A precisão é um fator de contribuição para o menor custo final da obra.

Quais são as vantagens e desvantagens da estrutura de aço?

As estruturas feitas de aço apresentam alguns pontos que merecem destaque e que, certamente, fazem toda a diferença na hora de escolher a melhor estrutura. É importante evidenciar que esse tipo de estrutura precisa da devida proteção contra ferrugem, garantindo uma vida útil maior. Veja, a seguir, mais vantagens e desvantagens.

Vantagens da estrutura de aço

Peso próprio

A estrutura metálica é mais leve que a de madeira e a de concreto. Assim, podemos contar com peças mais esbeltas e que sobrecarregam menos a fundação.

Prazo de execução

Quando os primeiros serviços da obra começarem, a fabricação da estrutura metálica também pode iniciar. Assim, quando chegar o momento certo, é preciso apenas instalá-las (por meio de aparafusamento, soldagem ou arrebitamento).

Organização

O canteiro de obras fica mais organizado, pois as peças são produzidas em fábricas e apenas montadas na obra. Além disso, o desperdício de materiais é reduzido ou inexistente.

Amiga do meio ambiente

Além de reduzir o desmatamento, esse tipo de estrutura pode ser desmontado e reaproveitado. É importante lembrar que o aço é 100% reciclável, e o desperdício na sua utilização é praticamente zero.

Garantia de qualidade

Como a sua produção é industrial e as fábricas obedecem a controles de qualidade, o produto final dificilmente apresenta grandes problemas. A fabricação sob medida ajuda a otimizar a construção.

Alta resistência contra intempéries

O aço é um material de largo uso exatamente por suas características de resistência e durabilidade. Aplicadas às coberturas, sua longevidade pode ser bastante estendida.

Desvantagens da estrutura de aço

Mão de obra especializada

A escolha do aço para estrutura necessita de mão de obra qualificada, o que pode ser difícil de encontrar no Brasil. Obviamente, essa mão de obra é mais cara quando comparamos com a instalação da estrutura de madeira.

Desembolso a curto prazo

Como a fabricação e a montagem são atividades rápidas, o desembolso com a estrutura deve ser feito em um tempo menor quando comparado com as estruturas de madeira.

Tratamento

O aço necessita de um tratamento especial com tinta, para garantir sua proteção contra corrosão — aumentando a durabilidade. Do contrário, podem surgir problemas advindos desse processo, e isso pode comprometer a segurança dos ocupantes do imóvel.

Quais são as características de uma estrutura de madeira?

A madeira é um dos materiais de construção mais antigos e mais utilizados em todo o mundo. Em quase todas as obras é possível encontrar a aplicação dessa matéria-prima. Os custos de mão de obra também não são altos, pois a sua construção é simples, não necessitando de conhecimentos especiais.

O preço pode variar demasiadamente, principalmente por conta da qualidade das peças a serem utilizadas. Sendo assim, a estrutura de madeira pode ser muito cara ou ter um preço mais em conta.

A madeira ainda é amplamente utilizada em estrutura para cobertura. Obviamente, é preciso dar o devido tratamento ao material, garantindo a sua durabilidade, mas as recentes preocupações com o meio ambiente e a constante necessidade de diminuir o tempo de construção das edificações estão fazendo com que a madeira fique em segundo plano, dado seu tempo maior de execução.

Quais são as vantagens e desvantagens da estrutura de madeira?

Assim como as estruturas de aço, as de madeira apresentam alguns pontos interessantes. Não podemos deixar de mencionar que a madeira está sujeita à ação de cupins, à variação de temperatura e a outras interferências. Veja, a seguir, mais vantagens e desvantagens.

Vantagens da estrutura de madeira

Alta disponibilidade

A madeira é um material fácil de ser encontrado e manuseado. Praticamente toda cidade dispõe de depósitos que armazenam e distribuem madeira para as obras da redondeza.

Ligações e emendas simples de serem executadas

Isso faz com que os projetos sejam colocados em prática com mais facilidade.

Natural, reaproveitável e renovável

Partindo da premissa de que o consumo será consciente, a madeira usada na obra pode ser oriunda de reflorestamento. Além disso, os custos de aquisição e de instalação são relativamente baixos.

Não exige a contratação de mão de obra de alta qualificação

O serviço de carpintaria é um dos mais antigos que se tem notícia, portanto, não é difícil encontrar profissionais no mercado.

Não necessita de ferramentas e equipamentos específicos

O trabalho com coberturas feitas em madeira exige apenas instrumentos simples e que são fáceis de conseguir.

Desvantagens da estrutura de madeira

Material orgânico e heterogêneo

A madeira pode apresentar muita variação entre as peças, então, é difícil conseguir relativa uniformidade entre os diferentes elementos utilizados.

Absorção e perda de umidade

Esse “vai e vem” acaba prejudicando a estrutura do telhado no longo prazo.

Dilatação e contração do material

A dilatação e a contração ocorrem com frequência, permitindo alterações nas dimensões da estrutura de madeira. O resultado desse acontecimento é que a estrutura está em constante movimento ao longo do tempo.

Tratamento contra insetos e fungos

Nesse quesito, destacam-se, principalmente, os problemas com cupins, pois eles se alimentam de madeira e podem inutilizar completamente a estrutura.

Tratamento antichamas

A madeira é propagadora de fogo, por isso, é necessário fazer um tratamento que impeça a ação do fogo, em caso de incêndio.

Desmatamento

Uma viga de madeira exige o corte de uma grande árvore. Isso não é nada sustentável, sendo uma desvantagem para as obras que usam coberturas desse material. A alternativa, nesse caso, é usar madeira de reflorestamento.

Qual das duas estruturas tem custo mais elevado?

Esse é um ponto importante para a escolha entre as duas estruturas, pois a relação custo-benefício deve ser seguida em toda obra, sob a pena de tornar a construção demasiadamente cara.

No caso das estruturas de telhamento, não existe uma resposta simples. Não se pode considerar apenas o custo direto relacionado à aquisição do material, ou seja, uma conta simples do custo de cada estrutura não dará uma resposta correta ao questionamento.

O cálculo relativo ao gasto em cada estrutura deve considerar outras variáveis. Uma delas é a mão de obra necessária para a execução de cada uma das opções. A estrutura metálica requer profissionais especializados, enquanto a de madeira aceita os mais tradicionais do mercado.

Isso não quer dizer que a estrutura de metal seja, necessariamente, mais cara. Nessa conta, também devem entrar os cálculos relativos à durabilidade da estrutura — já que, no caso do metal, pode ser bem maior.

Além disso, o tempo de execução é o ponto-chave, pois ainda que a estrutura de madeira admita profissionais sem muita especialização, sua atuação se dará por mais tempo, custando um valor até mais alto, em alguns casos.

ESTRUTURA PARA TELHADO: AÇO OU MADEIRA, QUAL ESCOLHER

Como fazer uma garagem de estrutura metálica?

Depois de analisar todos os aspectos que dizem respeito à escolha do material, chega o momento de construir a garagem com uma estrutura metálica. Pelas particularidades da obra, é preciso ter uma série de cuidados para que nenhum problema ocorra durante a construção.

Veja, a seguir, as principais etapas de uma obra de garagem metálica.

Planejamento

O passo inicial para a construção de uma garagem utilizando uma estrutura metálica é, na verdade, o planejamento de todo o trabalho a ser desenvolvido. O projeto e a preparação do início ao fim precisam vir antes mesmo de qualquer atividade que possa ser desenvolvida. Isso é importante para aproveitar melhor todos os recursos disponíveis, como material e mão de obra.

Partir para a execução de um trabalho com essa complexidade sem fazer os testes necessários é um grande erro. Um bom exemplo que ilustra a importância dessa etapa é a análise de capacidade de carga do solo. O peso de uma estrutura metálica sempre é considerável, e saber se a fundação terá capacidade de suportá-la é uma etapa que deve anteceder sua construção.

Transporte

Definidos todos os aspectos e terminada a fase de elaboração do projeto, chega o momento de transportar os materiais comprados. Essa etapa também é muito importante, pois o local de recebimento precisa estar preparado. Além disso, toda a logística precisa ser considerada para que não ocorram atrasos e problemas no percurso.

Outro aspecto relevante é a descarga do material: ela será feita pelo comprador ou pela empresa fornecedora do material? Saber disso impacta no custo final do projeto, e é por essa razão que bons fornecedores precisam ser contratados.

Além de fornecerem o serviço, a mão de obra especializada faz com que erros inesperados não aconteçam durante o processo de entrega.

Armazenamento

Chegando todas as peças metálicas, é preciso armazená-las, já que seu uso se dá de modo paulatino, conforme a obra avança. O recomendado é ter um bom local, que seja capaz de isolar o material de qualquer resíduo ou umidade. O contato com a água ou com a terra pode diminuir consideravelmente a vida útil das peças.

A colocação das estruturas também é muito importante, pois não deve atrapalhar o andamento da obra. A descarga do material é muito importante porque movimentar novamente toda a estrutura só traria retrabalho à construção. Não empilhar peças além do recomendado pelo fabricante também ajuda na manutenção da qualidade da estrutura a ser montada.

Equipamentos de proteção

Por último, mas não menos importante, vem a segurança dos trabalhadores envolvidos na obra. As peças metálicas costumam ter peso elevado, e não raro é preciso de maquinário especializado para sua movimentação, como guindastes. Um acidente poderia causar grandes danos.

Para que essa possibilidade seja afastada, todo o pessoal precisa ser devidamente treinado e dispor dos equipamentos de proteção adequados. Dessa forma, o trabalho pode ser realizado sem danos corporais aos funcionários, e a garagem pode ser construída com toda a segurança possível.

Saber como fazer uma garagem de estrutura metálica depende de inúmeros fatores. Analisar as vantagens e desvantagens de cada opção é de grande valia para essa definição. É preciso colocar no papel e identificar os pontos mais importantes para a sua obra. Além disso, deve-se contar com um parceiro qualificado para prover os materiais necessários. Nesse quesito, a Regional Telhas é o fornecedor mais indicado.

Gostou do nosso artigo? Então, entre em contato e conheça as opções de estruturas metálicas de que dispomos para a sua construção!

EBOOK

Tipos de telha:

conheça os principais e saiba quando usá-los

Faça o download grátis no botão abaixo.