Regional Telhas

Gestão de compras na construção civil: como melhorar as estratégias?

engenheiros em um escritórios
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Exercer uma boa gestão de compras na construção civil é essencial para o sucesso do gerenciamento. Essa atividade gera a disponibilidade dos materiais necessários, ao mesmo tempo em que ajuda a garantir que os pontos do planejamento sejam obedecidos.

Nesse processo, algumas táticas são essenciais. Todo o procedimento de compras tem que ser feito de forma estruturada e consistente, de modo a evitar erros. O gestor deve buscar as ferramentas eficientes para melhorar a tomada de decisão e, assim, abaixar os diversos custos.

Na sequência, veja como acertar na gestão de compras na construção civil e entenda os pontos importantes.

Faça o planejamento de compras

As compras emergenciais ou feitas sem visibilidade são grandes vilãs. Não apenas custam mais caro, como trazem os riscos de adquirir itens que não são necessários. O melhor, portanto, é fazer um planejamento completo.

Na construção civil, o processo não tem tanto a ver com a venda e, sim, com frentes de trabalho. A intenção é que os insumos corretos estejam disponíveis para os times conforme a requisição. No meio de tudo, é preciso considerar questões de armazenamento, flutuações de preço e ritmo de trabalho.

Para que não restem dúvidas, faça uma boa análise do comportamento das equipes. Veja quais são as exigências de materiais em cada setor e qual é o consumo médio de acordo com o período ou obra. Vale acompanhar o andamento da realização, de modo a adquirir os produtos de forma antecipada e considerando o tempo necessário para a entrega, por exemplo.

Além de tudo, é preciso ter diligência no momento de escolher os itens e marcas. Embora muitos gestores procurem o menor preço, é melhor investir em custo-benefício. Principalmente, é crucial atender às exigências específicas de cada projeto.

Automatize o controle de estoque

Como as compras antecipadas são a maior indicação, os produtos devem ser armazenados até que sejam requisitados. Em primeiro lugar, isso significa proteger os materiais de forma adequada para evitar o comprometimento no uso. O cimento, por exemplo, deve ficar longe da umidade. Já o armazenamento adequado das telhas metálicas mantém a estrutura pronta para o uso.

Também é fundamental fazer um controle sobre todas as entradas e saídas. Isso diminui os riscos de desvios e, principalmente, permite que a gestão de compras na construção civil tenha um entendimento amplo.

Para que não ocorram falhas no inventário, o ideal é automatizar o controle. Tudo deve ser registrado de forma automática para otimizar a confiabilidade. Para completar, esse é um meio de melhorar a produtividade.

Tenha governança em toda a cadeia

A gestão de compras na construção civil passa por várias etapas. É preciso identificar as frentes de trabalho, reconhecer a produtividade, selecionar materiais e pesquisar fornecedores. Depois, é necessário executar cotações, fechar o contrato e fazer o follow up até a entrega e o uso.

Para que o processo seja produtivo, deve ser acompanhado como um todo. A governança sobre as fases é essencial para entender em qual ponto cada ordem de compra está e quais são as exigências concretas.

O melhor é que os profissionais das várias áreas atuem em conjunto. O setor de estoque, por exemplo, deve comunicar a necessidade de compras de acordo com o desenvolvimento. Já os responsáveis pelo acompanhamento têm que oferecer feedbacks, para que a gestão de compras entenda quais são os fornecedores adequados.

Use uma plataforma de e-procurement

A tecnologia é bem-vinda para tornar o processo melhor e eficiente. Especialmente quando são muitas as etapas necessárias até a compra, é recomendado adotar recursos que facilitem a aquisição.

Uma plataforma de e-procurement é uma alternativa adequada. Basicamente, ela funciona como um ponto de encontro entre todas as fases e automatiza diversas ações.

Por meio dela, é possível realizar cotações eletrônicas, buscar bons fornecedores e trazer transparência ao processo. Com critérios bem estabelecidos, fica fácil conhecer outras empresas e suas respectivas soluções para a construção civil.

Invista no relacionamento com fornecedores

Mais que apenas encontrar uma boa empresa, é preciso se preocupar em mantê-la sempre por perto. A gestão de compras na construção civil, portanto, deve ser feita pensando no médio e no longo prazo.

Para obter todos os benefícios e garantir que ambos os lados aproveitem boas características, o ideal é cuidar do relacionamento com os fornecedores. A ideia é estabelecer parcerias duradouras e que tragam vantagens diferenciadas.

Com um fornecedor de longa data, por exemplo, é possível ter condições melhores de entrega ou de pagamento. Também dá para obter mais flexibilidade, caso surja a necessidade de realizar uma compra de emergência.

Os contratos devem ser continuamente avaliados e os parceiros devem fazer parte da estratégia do empreendimento. Se ambos puderem ganhar a partir da relação, o negócio consegue se destacar dos outros pelas características otimizadas.

Aumente a sua capacitação

Como gestor dessa área, é fundamental entender que o processo se transforma continuamente. Com o avanço da tecnologia, nem os produtos e nem a forma de comprar são os mesmos. Portanto, é preciso estar em constante adaptação.

É válido, por exemplo, recorrer a treinamentos, workshops e palestras sobre o tema. Há até especializações sobre o assunto, as quais aprofundam conceitos e garantem o aproveitamento de oportunidades.

Também é muito importante acompanhar a evolução do mercado. Fique de olho nas publicações do setor e participe de eventos com os fornecedores do ramo. Diante das novas soluções, o processo se torna muito melhor.

Invista em um sistema específico para a construção civil

Como visto, a tecnologia tem um papel crucial. Ela automatiza tarefas, diminui o tempo necessário e garante máxima eficiência. Para explorar esses aspectos, vale a pena adotar um sistema de gestão.

Associado à plataforma de e-procurement, ele ajuda a reunir os dados e a trazer mais visibilidade. Por meio de um recurso de gerenciamento, por exemplo, todas as informações de estoque e de produção estão juntas. Isso favorece a comunicação entre setores e leva a uma tomada de decisão melhor.

O importante é que o sistema seja especificamente voltado para o setor. Desse jeito, dá para garantir a máxima eficácia e o atendimento das necessidades pontuais.

Com uma boa gestão de compra na construção civil, é possível otimizar os gastos, aumentar a eficiência e gerar diferenciação. Ao seguir essas práticas, o processo é finalizado da maneira ideal.

Conseguiu entender melhor esse gerenciamento? Compartilhe este post nas suas redes sociais e debata com outros gestores!

EBOOK

Tipos de telha:

conheça os principais e saiba quando usá-los

Faça o download grátis no botão abaixo.