O que é plano de concretagem e quais são os erros que devem ser evitados?

operários supervisionando plano de concretagem
3 minutos para ler

Depois da água, o concreto é o produto mais consumido pela humanidade. Manusear bem esse produto torna-se essencial para o sucesso de uma construção, e por que não dizer do progresso de nossa civilização? Para que tudo ocorra bem, é necessário realizar operações desse tipo, guiadas por um plano de concretagem — que vai determinar o sucesso ou o fracasso da obra.

Neste artigo, vamos mostrar a você no que consiste um planejamento desse tipo. Você vai conhecer melhor os pontos críticos que devem ser contemplados nesse plano, e aprender os erros que devem ser evitados em sua execução. Ao final, saberá quando o plano deve ser interrompido. Confira!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

O que é plano de concretagem?

Toda construção civil necessita ter parte de sua constituição feita em concreto armado. Para obras de médio e grande porte, a quantidade de concreto costuma ser considerável, chegando a representar até 30% de todo o material utilizado no empreendimento.

O ponto sensível de todo o processo é que o concreto tem um determinado tempo no qual pode ser manuseável. Depois disso, sua utilização torna-se inviável. É necessário, portanto, ter um planejamento minucioso, que leve em consideração sua fabricação e o tempo necessário para que ele seja aplicado na obra em questão. Esse planejamento prévio é conhecido como plano de concretagem.

O que um plano de concretagem deve contemplar?

Inicialmente, um planejamento desse tipo deve considerar todos os aspectos estruturais do projeto. Devem ser analisadas as dimensões das armaduras e o detalhamento das estruturas. Na prática, isso representa as fôrmas que vão receber o concreto já pronto. Além disso, deve existir um cronograma de concretagem que preveja a sequência de carregamento.

Vários outros aspectos referentes à movimentação do concreto devem ser estudados, como o espaço físico no qual será descarregado o material e a logística usada para o fornecimento. Aspectos humanos também devem estar no plano, como o correto dimensionamento dos colaboradores, que devem estar divididos em equipes de trabalho.

Que erros devem ser evitados?

Os gargalos do tipo logísticos representam o maior desafio a ser superado na execução de um plano de concretagem. Dessa forma, é importante contar com a disponibilidade de equipamentos de transporte suficiente para que não haja interrupções no processo de movimentação do material.

Por fim, deve ser analisada a distância da central de produção de concreto até o canteiro de obras, para que não esteja muito distante e cause atrasos. Inclusive as questões de trânsito devem ser bem organizadas, para que possíveis engarrafamentos não prejudiquem a operação.

Executar um plano de concretagem não é tarefa fácil, mas tentar realizar a operação sem um planejamento é pior ainda. O correto é preocupar-se com todos os aspectos que podem gerar prejuízos. Caso algo seja de errado detectado, não há problemas em alterar ou mesmo a suspender o plano.

Problemas de clima como calor exagerado e chuvas torrenciais, ou ainda interrupções logísticas são alguns exemplos de imprevistos que podem interromper um lançamento de concreto.

Gostou de entender mais sobre planos de concretagem? Então deixe seu comentário nos dizendo o ponto que mais lhe chamou a atenção!

Você também pode gostar