fbpx
Por que não usar telhas de fibrocimento? Veja 3 motivos!

As telhas de fibrocimento são um dos tipos de cobertura mais utilizados nas construções em nosso país. Elas são feitas a partir do processamento do cimento com as fibras de amianto, o que traz uma maior flexibilidade à estrutura.

Apresentam vantagens muito atrativas para quem está construindo, pois são fáceis de manusear, resistentes à corrosão, têm um preço acessível e são adaptáveis a vários projetos. No entanto, o fibrocimento esconde algumas armadilhas, as quais podem prejudicar bastante a sua obra. Quer saber mais? Acompanhe!

Quais são os 3 principais motivos para não usar as telhas de fibrocimento?

Devido principalmente ao uso do amianto e ao desenvolvimento de novas tecnologias igualmente baratas, o fibrocimento tem sido abandonado em muitos projetos. Veja, a seguir, os principais fatores dessa substituição.

1. Estética pouco agradável

Na maioria dos telhados, as telhas ficam totalmente expostas para quem visualiza a construção, sendo parte essencial da harmonia estética. Nesses casos, o fibrocimento certamente não é um material muito interessante. Afinal, apresenta uma tonalidade cinza bastante monótona e simples.

Elas são incluídas nos projetos porque estão entre as opções mais baratas. Todavia, isso não significa que elas tenham um custo-benefício adequado. Por prejudicarem a beleza de uma construção, reduzem bastante o valor de venda caso você pretenda negociar o seu imóvel por algum motivo.

Portanto, por mais que elas pareçam uma boa ideia nos projetos residenciais, em que há maior rotatividade de proprietários, são bastante prejudiciais. Nos projetos industriais e corporativos, esse problema pode até ser relativamente menor, porém, a estética também pode ser um ponto importante para a atração e fidelização de clientes.

2. Aquecimento

Outro problema significativo é o baixo desempenho térmico do material, isto é, sua capacidade ruim de isolar a temperatura interna da casa. Isso se deve principalmente aos processos utilizados durante a instalação das telhas.

A fim de evitar a transmissão excessiva do calor ambiental para o interior do imóvel, é preciso fazer uma técnica de construção muito bem-feita, planejando o espaço adequado entre a laje da construção e a telha. Desse modo, é possível que o ar circule bem e resfrie as estruturas. Isso evita o acúmulo de calor, o que aumenta a temperatura interna.

Mesmo assim, é preciso tomar bastante cuidado, já que essa estrutura pode gerar alguns problemas como acúmulo de umidade ou o alojamento de animais, o que promove transtornos para os usuários da construção — doenças ou infiltrações, por exemplo. Portanto, os gastos utilizados para a instalação da estrutura ou para a reformas futuras minam completamente aquele benefício do preço baixo inicial.

3. Possibilidade de danos à saúde

Existe muita controvérsia em relação à segurança do uso das telhas de fibrocimento. Há uma preocupação muito grande de que o material utilizado possa causar danos a nossa saúde. A indústria que fabrica esse material geralmente nega essa afirmação, mas alguns estudos científicos realmente colocam à prova seu uso em construções para uso humano constante.

Entre os principais temores, está o risco de que o material possa contribuir para o surgimento de câncer no pulmão e nas vias aéreas. Além disso, ele pode estar relacionado a outros tipos de doenças respiratórias incapacitantes. Quando o assunto é nossa saúde e bem-estar, não se pode confiar plenamente nas alegações da indústria, pois existe o risco de gerar um dano permanente e irreparável.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Como substituir as telhas de fibrocimento?

São várias as possibilidades de substituição das telhas de fibrocimento. Na sequência, vamos explicar algumas delas para ajudar na sua escolha.

Telhas translúcidas

Essas telhas são feitas com materiais que permitem a passagem de grande parte da luz ambiental para dentro da construção. Elas são fabricadas com tipos especais de materiais plásticos os quais proporcionam tudo aquilo que uma boa cobertura deve oferecer:

  • são bastante resistentes ao impacto e à degradação física e química;
  • apresentam um bom isolamento térmico a fim de proporcionar um conforto adequado para os usuários;
  • são extremamente impermeáveis de forma que ajudam a prevenir o surgimento de infiltrações.

Seu grande diferencial é a sustentabilidade, que se revela em vários critérios. Primeiramente, ela pode ser construída com materiais reciclados, o que reduz a extração de recursos ambientais. Além disso, por permitir a entrada de luz natural, reduz a necessidade de iluminação artificial interna, o que torna o consumo de energia elétrica muito menor.

Telhas metálicas

Essas peças podem ser fabricadas a partir de várias ligas metálicas de zinco, alumínio e aço. Elas são muito resistentes e versáteis, especialmente em projetos corporativos. Sua grande vantagem é o preço baixo, o que a torna uma opção muito importante para quem não pode gastar tanto com cobertura, mas quer uma telha com alto custo-benefício.

Sua principal desvantagem é a baixa capacidade de reflexão de calor, o que diminui o isolamento térmico. Entretanto, isso pode ser compensado com a aplicação de mantas e outros tipos de tratamento. Desse modo, pode-se alcançar um conforto muito maior sem que o custo se eleve em comparação às demais opções.

Telhas termoacústicas

A telha termoacústica não se refere a um tipo de material específico, mas ao processo de integração de uma telha metálica com camadas de material isolante, o qual pode ser constituído por substâncias plásticas, como o poliuretano rígido, o poliestireno ou o polisocianurato. Normalmente, é feita uma espécie de “sanduíche”: entre duas lâminas alumínio é inserida uma grossa camada de isolante.

O grande benefício desse tipo de telha é a sua capacidade elevadíssima de refletir e dissipar o calor e o som. Isso a torna uma das opções que fornecem o maior conforto acústico e térmico no mercado — muito superior à grande parte dos materiais tradicionais.

Por que escolher as telhas certas da Regional Telhas?

Independentemente do tipo de telha que você escolher, a qualidade das peças é essencial para garantir o sucesso do seu projeto. Isso só é possível quando um bom fornecedor é escolhido, pois ele vai garantir a entrega no momento certo e se certificar de que tudo está atendendo à sua demanda. Esse é justamente o caso da Regional Telhas.

Portanto, na hora de escolher um bom substituto para as telhas de fibrocimento, não deixe de verificar as nossas opções. Contamos com as principais tendências do mercado da construção civil para garantir o sucesso de nossos clientes em todas as suas obras.

Quer conhecer outros materiais e telhas para que sua construção alcance todo o escopo do projeto? Então, leia nosso post e conheça os diferenciais das telhas de aço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *