Regional Telhas

Conheça agora os principais tipos de telhas metálicas

tipos de telhas metálicas
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Diversos tipos de telhas de metal são utilizados nas obras, hoje, independentemente do tamanho do projeto. Por apresentarem grande versatilidade, elas otimizam os trabalhos do arquiteto e do engenheiro.

Além disso, há vários fornecedores confiáveis no mercado, como a Regional Telhas. Conosco você tem tranquilidade garantida em relação à qualidade da cobertura do seu projeto. Quer saber mais? Acompanhe!

Sua fabricação utiliza ligas metálicas resistentes à corrosão, e as telhas são confeccionadas em forma de lâmina. As variadas conformações geométricas, multidobras, calandradas e trapezoidais atendem a diversos projetos e necessidades.

Essas conformações em sua forma são importantes para conquistar alguns objetivos em uma edificação, como maior escoamento de água, facilidade de ventilação e redução da transmissão de calor.

Cada tipo de telha atende ao escopo definido pelos clientes. Com vantagens adicionais, cada um dos tipos de telhas de metal podem receber vários tratamentos adicionais, os quais conferem outras propriedades importantes em uma construção. Talvez, o mais relevante seja a implementação de revestimentos de EPS, PUR ou PIR, os quais agem como isolantes térmicos e acústicos para melhorar o conforto nos ambientes. Nesses casos, recebem a denominação de telhas termoacústicas.

Em razão dessas tecnologias, as coberturas metálicas conseguiram estender seu mercado ao residencial, com o oferecimento das telhas termoacústicas, que têm dupla vantagem: o isolamento térmico e acústico que confere conforto aos ambientes domésticos.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Quais são tipos de telhas de metal?

O uso do tipo correto de telha, seja ela de metal, seja de outro material, é indispensável para assegurar o melhor resultado à obra. Isso ajuda a aumentar sua durabilidade e evita problemas estruturais. A Regional Telhas disponibiliza dois modelos de formato atualmente: ondulado e trapezoidal. Cada um deles tem seu uso próprio, veja:

  • telhas onduladas: são preferíveis em barracões em arco, fachadas e fechamento lateral. Nesses casos, oferecem toda a proteção contra riscos e dão qualidade à cobertura;
  • telhas trapezoidais: são recomendáveis para coberturas planas, forros, fachadas e fechamentos laterais. Para isso, contamos com vários modelos — desde a trapézio 10 até a 120. Todas essas opções podem ser utilizadas nas estruturas.

Nesses dois casos, pode-se facilmente adicionar a proteção termoacústica com o EPS, mesmo em telhas planas.

Também é possível classificar as telhas de metal com base em sua estruturação. Alguns dos principais exemplos são:

  • telhas termoacústicas: formadas por duas camadas de telha de metal com uma camada de poliestireno expandido entre elas, o que aumenta seu nível de isolamento de temperatura e som;
  • forro – composta por uma telha trapezoidal, uma injeção de espuma de poliuretano e um revestimento de PVC, sendo uma alternativa menos resistente a outros tipos de telha termoacústica.

Quais os principais modelos de telhas trapezoidais?

Na Regional Telhas, são comercializados oito tipos:

  • ​RT10/1090;
  • RT25/1020;
  • RT35/1050;
  • RT40/980;
  • RT40/1020;
  • RT100/952;
  • RT100/900;
  • RT260/620.

O RT representa a altura do castelo. Por exemplo, no RT40/980, o primeiro número significa 40 mm de altura, enquanto o segundo, 980, nos mostra a dimensão de 98 cm de largura.

Como oferece maior largura útil, aliada à resistência, esse tipo de telha é muito procurado. O mercado tem se expandido para além dos usos tradicionais. Afinal, as telhas de aço, principalmente no Brasil, sempre foram muito utilizadas em barracões grandes, mas ignoradas em edificações menores. Hoje em dia, já são aplicadas em pequenas obras e residências.

Como as telhas de metal podem fazer a diferença em um projeto?

O uso dos materiais certos pode valorizar consideravelmente um imóvel, garantindo maior durabilidade e melhorando a qualidade de vida de quem irá usá-lo. Veja aqui alguns dos principais exemplos dos benefícios de utilizar as telhas de metal em seus projetos de engenharia.

Facilidade de instalação

As telhas de metal são muito simples de instalar. Após concluída a construção das vigas do teto, cada telha é pregada individualmente à estrutura. Ao contrário dos modelos de concreto e de cerâmica, não é preciso fazer o encaixe entre as peças para que haja fixação eficiente.

Maior proteção

Os modelos em cerâmica e concreto necessitam de um encaixe perfeito entre as peças para que nenhuma delas se solte, uma vez que não são pregadas diretamente nas vigas. Por isso, grandes manifestações climáticas, como tempestades, podem acabar danificando a cobertura ao causar a remoção de uma ou mais peças. Já as metálicas são “chumbadas” nas vigas, então, os ventos geralmente não são capazes de causar sua remoção.

Alta durabilidade

Os metais são alguns dos materiais mais resistentes disponíveis hoje em dia, dependendo apenas do tipo utilizado e da forma como são trabalhados. Se o processo de fabricação seguir algumas boas diretrizes e houver o cuidado necessário na estruturação, transporte e preparação de cada uma das telhas, o tempo de vida útil delas tende a ser bem maior que o de outras alternativas disponíveis no mercado.

Dependendo do tipo de estrutura na qual serão usadas, a maior durabilidade dessas telhas será indispensável. Especialmente no caso de áreas que ficam muito expostas à chuva e ao sol, que requerem mais proteção do que a média.

Material mais leve

O peso das telhas tem grande impacto em várias outras partes do seu projeto, desde a alvenaria até o revestimento. Se esse material for muito pesado, ele vai exigir mais vigas e um esqueleto mais forte, o que aumenta os custos, prolonga a duração da obra e ocupa mais espaço que poderia ser utilizado em alguns contextos.

Ao escolher telhas de metal, você optar por um material mais leve com rigidez própria. Isso significa que não é tão necessário investir em uma estrutura reforçada para o teto, o que reduz os riscos e custos durante a obra.

Facilidade de acesso

Há materiais para a construção de telhas que, em tese, seriam de maior qualidade que o metal e levariam a melhores resultados em resistência, redução de peso, sustentação, isolamento termoacústico, entre outras coisas. Porém, esses materiais vêm com seus próprios contras, principalmente no que diz respeito à facilidade de acesso a eles.

Em muitos casos, esses tipos de telhas nem sequer estão disponíveis para compra em grande quantidade. Em outros, exige-se que você pague um valor bem maior, o que nem sempre está dentro das limitações do seu projeto. No fim das contas, o metal acaba sendo a melhor opção para a maioria das construções.

Custo-benefício

As telhas de metal apresentam uma relação de custo-benefício superior às demais opções. Isso se deve ao fato delas reduzirem os gastos em várias etapas:

  • fabricação: os materiais e os processos são mais baratos, o que diminui os preços para o cliente;
  • instalação: a maior agilidade permite menos investimento em mão de obra;
  • manutenção: a resistência do material reduz a necessidade de troca de peças.

O que considerar na hora de escolher uma telha para seu projeto?

Além do tamanho da obra e do espaçamento entre os apoios, que fornecem limitações estruturais, é preciso atentar para outros critérios. ​

Espessura da chapa

A Regional Telhas trabalha com as chapas 043 até a chapa 080: quanto mais grossa essa chapa, mais firme a telha será. Atualmente, a espessura mais vendida é a da chapa 043, no entanto, para um barracão industrial, é recomendado o uso da chapa 050, por ser mais rígida.

A telha 043 é de fácil manuseio, enquanto a 080 é bem mais forte. Portanto, cada espessura serve para ser utilizada em diferentes tipos de construções.

Inclinação e altura do castelo

A inclinação do telhado determina tanto a estética da construção quanto a sua capacidade de escoamento de água. Portanto, ela precisa ser muito bem planejada. Atente para o fato de que cada telha tem uma inclinação mínima.

Quanto maior o castelo, menor será a inclinação mínima. Por exemplo, a RT25 tem inclinação mínima de 12%; já a RT120 tem a inclinação mínima de 5%. Portanto, para um barracão grande, recomendamos a utilização da RT120, por conta da queda-d’água, pois, em um dia de chuva, a tendência é o líquido descer mais rapidamente na RT120 do que na RT25.

Aplicação

Além disso, é importante avaliar ​a aplicação, ou seja, o que você colocará por baixo dessa cobertura. Em projetos residenciais, é bom ter uma telha termoacústica. Por outro lado, em um barracão industrial, pode ser uma telha simples.

Características regionais

Se a construção for perto de áreas litorâneas, é preciso considerar a maresia. Nesses casos, é recomendado um revestimento de alumínio ou inox. Por essa razão, você deverá escolher um fornecedor que vá além da entrega do produto, oferecendo uma consultoria completa.

A Regional Telhas tem uma cartela muito ampla de telhas de metal, para que você possa atender ao escopo de qualquer tipo de obra. Temos a melhor infraestrutura de frete da região e um estoque bastante expressivo, o que garante a entrega dos seus pedidos sem atraso.

Achou este artigo útil? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e ajude mais pessoas a escolherem as melhores telhas de metal.

EBOOK

Tipos de telha:

conheça os principais e saiba quando usá-los

Faça o download grátis no botão abaixo.