Regional Telhas

Sistema de drenagem de telhados: como saber o escoamento necessário?

sistema de drenagem de telhados
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Em muitas partes do Brasil, as chuvas são o maior problema com o qual os engenheiros devem se preocupar ao elaborar um projeto. Não faltam casos de edifícios mais antigos que ficam cheios de vazamentos no telhado quando ocorre uma chuva forte. Para prevenir isso, é necessário montar um sistema de drenagem de telhados de boa qualidade.

Esse sistema é responsável por escoar a água que cai no telhado sem causar danos ao edifício, levando tudo diretamente para o esgoto. Considerando que algumas mudanças no clima estão deixando as chuvas mais intensas, é importante pensar nessa parte do seu projeto com bastante cuidado.

Quer entender melhor sobre o sistema de drenagem de telhados e como projetar o escoamento ideal? Então, acompanhe o artigo!

Como funciona um sistema de drenagem de telhados?

A forma mais simples de descrever essa estrutura é como um tipo de funil. O telhado inclinado leva a água da chuva em direção ao sistema de escoamento, que é composto por calhas que coletam a água, rufus que vedam as frestas entre as telhas e a estrutura e canos que levam a água.

A água passa por uma grelha, que retém resíduos maiores, como folhas e pó, evitando o entupimento do sistema. Depois de passar pelos canos, a água vai em direção a um bueiro, diretamente para o esgoto ou é escoada em outra área onde não causará danos.

Como saber o escoamento necessário?

A principal questão ao elaborar um sistema de drenagem de telhados para seus projetos é saber qual é o nível de escoamento necessário para evitar o acúmulo de água. Felizmente, existem algumas fórmulas bem simples que você pode seguir durante a elaboração do projeto.

Volume de contribuição

O primeiro passo é saber qual é o volume de água que a telha escorre durante uma chuva e quanto ela contribui para o sistema de escoamento. A fórmula é a seguinte: Ac = (a + h/2).b

As variáveis são:

  • Ac = área de contribuição em metros quadrados;
  • a = largura da área em metros;
  • h = altura do telhado em metros;
  • b = largura do telhado em metros.

Essa conta vai dar uma ideia da quantidade de água que escorre dessa sessão do telhado durante a chuva.

Número de condutores necessários

Segundo, você avalia quantos condutores precisa no sistema de drenagem de telhados. É só seguir a fórmula: Nc = Ac/At

As variáveis são:

  • Nc = número de Condutores;
  • Ac = área de contribuição em metros quadrados;
  • At = área do telhado em metros quadrados.

Isso vai dar uma ideia do número de saídas de água ao longo das calhas.

Distância entre os condutores

O que falta agora é definir a distância entra cada condutor. De novo, basta usar esta fórmula: D = b/Nc – 1

E as variáveis são:

  • D = distância entre os condutores em metros;
  • b = comprimento total do telhado em metros;
  • Nc = número de condutores.

O que resta agora é fazer ajustes menores para que esses valores se encaixem melhor nas particularidades do seu projeto e você possa fazer um planejamento eficiente.

Com essas informações, você pode criar um sistema de drenagem para telhados mais eficiente em cada projeto. A longo prazo, isso vai melhorar bastante a conservação dos telhados e do edifício como um todo.

Quer continuar acompanhando nossas dicas de construção? Então curta nossa página no Facebook e acompanhe nossas novidades em primeira mão.

EBOOK

Tipos de telha:

conheça os principais e saiba quando usá-los

Faça o download grátis no botão abaixo.