fbpx
Telhas Galvanizadas: o que elas são e quais seus benefícios?

Nos últimos anos surgiram diversas inovações na construção civil. Em termos de coberturas, por exemplo, podemos destacar o uso de telhas mais leves e resistentes. Contudo, ainda existem alguns materiais que são utilizados há muito tempo, como as telhas galvanizadas.

No Brasil elas se destacam: são usadas desde os anos 1950 e até hoje são empregadas nos mais diferentes empreendimentos, principalmente em locais que necessitam de estrutura mais pesada, como galpões, fábricas e indústrias.

Obviamente, esse tipo de material apresenta vantagens consideráveis, principalmente em relação à economia e à agilidade na construção. Ficou interessado pelo assunto? Então, continue a leitura deste artigo e veja o que são telhas galvanizadas e quais são seus benefícios.

Quais são os materiais utilizados nas telhas galvanizadas?

Antes de mais nada, é preciso destacar que o aço galvanizado pode ser reciclado e ter uma vida útil de até 300 anos  Ou seja, é um excelente material para ser empregado na construção civil.

Dentre os principais materiais utilizados na galvanização, podemos destacar o zinco, que é a matéria-prima principal. O aço é banhado em zinco fundido, protegendo-o contra a oxidação, ou seja, a ferrugem.

Dessa forma, pode-se dizer que o trabalho com aço galvanizado não exige cuidados especiais, além de não haver risco de fissura ou quebra. A diferença existente se restringe à vida útil nos locais em que forem aplicados: ambientes rurais, urbanos ou marítimos.

É válido ressaltar que a camada de zinco aplicada no aço é um ótimo meio para proteger  o substrato ou seja, o aço base, além de apresentar um bom custo-benefício. A telha galvanizada pode ser utilizada em qualquer projeto, pelo fato de ser produzida sob medida, evitando o desperdício de materiais nas obras.

Quais são suas características?

Como já foi destacado, as telhas galvanizadas são produzidas sob medida de até 12 metros, apresentando largura de acordo com cada modelo e comprimento desejado pelo cliente. A economia de materiais, por conta do desperdício, pode chegar a 60%.

Uma das principais características do aço galvanizado é que ele é inquebrável. Em outras palavras, é capaz de oferecer segurança na manutenção e na montagem da estrutura.

A galvanização também é fundamental para aumentar a resistência da cobertura, principalmente em relação às intempéries. A ação de fatores climáticos, como ventos, chuvas e umidade não serão mais um problema para sua edificação.

Telhas termoacústicas

Não podemos deixar de mencionar as telhas termoacústicas, que são um dos tipos de telhas galvanizadas. Essas telhas estão sendo empregadas em Green Buildings e em edificações sustentáveis, sendo compostas por materiais isolantes em meio às chapas de aço galvanizado.

Um dos materiais usados como isolantes é o poliestireno (EPS) ou o poliuretano (PU), além da lã de rocha, vidro ou PET. Independentemente do material escolhido, sua função é formar uma barreira, impedindo que o som e o calor transpassem o ambiente. Então, em locais frios o objetivo é reter o calor e em locais quentes o calor deve ser mantido fora da edificação.

Veja algumas vantagens do uso de telhas termoacústicas:

  • não absorção de temperatura;
  • redução de ruídos externos;
  • economia de energia elétrica (por conta da redução do uso do ar-condicionado ou de aquecedores);
  • utilização de materiais recicláveis;
  • alta durabilidade;
  • alta resistência;
  • processo de montagem limpo e rápido;
  • redução da emissão de CO2 (economia gerada nas cargas de refrigeração).

Quais os tipos de telhas galvanizadas?

As telhas termoacústicas não são os únicos tipos de telhas galvanizadas existentes. Há vários outros, como as telhas onduladas, as telhas calandradas, as telhas pré-pintadas, as telhas perfuradas, as telhas forro, as telhas multidobras e as telhas metálicas simples. Aprenda mais sobre algumas delas:

Telha ondulada

As telhas onduladas são usadas para coberturas e fechamentos laterais, devendo ser escolhidas para empreendimentos que necessitem de alta durabilidade aliada com resistência mecânica.

Telha calandrada

As telhas calandradas (trapezoidais e onduladas) são mais empregadas em coberturas em arco e fechamentos laterais. O seu arqueamento gera um perfil curvo, liso e sem nenhum trecho plano — a peça é curvada em todo o seu comprimento. Exige-se o uso dessa telha em locais que necessitam de pequenos raios, como passarelas e fachadas curvas.

Telhas pré-pintadas

As bobinas de aço são pintadas antes de serem transformadas em telhas. Antes da pintura se aplica um material epóxi, sendo essa ação considerada um tipo de acabamento.

As telhas pré-pintadas são vendidas em inúmeras cores, sendo de fácil manutenção, alta durabilidade e apresentando grandes vantagens estéticas.

Mas você deve estar pensando: qual a diferença entre a telha pré-pintada e a pós-pintada? A durabilidade. As telhas pré-pintadas são produzidas para durar 30 anos, enquanto as pós-pintadas apresentam durabilidade de, apenas, dois anos, em termos de pintura.

Telhas perfuradas

Esse tipo de telha é comumente utilizado como isolante visual, proporcionando privacidade ao local. Por isso, ela é indicada para ambientes que necessitam de ventilação, segurança e harmonia.

O seu principal uso se dá em relação à reverberação acústica, adquirida pela aplicação da lã de rocha. Muitas vezes, as telhas perfuradas são consideradas elementos de design, sendo utilizadas como peças decorativas.

Telhas forro

As telhas forro são compostas pela telha trapézio, em diversos moldes, na sua parte superior. Já na parte inferior elas são feitas de uma chapa de aço, que pode ser trapezoidal ou no formato de um forro (sem trapézios).

Esse tipo de telha apresenta acabamento similar ao de um forro natural e é preenchida com material termoacústico, gerando uma camada isolante que diminui, consideravelmente, a troca de temperatura entre o ambiente interno e o externo.

Telhas multidobras

As telhas multidobras também são um dos tipos de telha galvanizada que merecem destaque. O seu diferencial está na presença de vincos próximos, que permitem a criação de ângulos que se adéquam às necessidades do projeto.

As curvaturas são criadas por meio de dobras transversais realizadas na chapa de aço. Esse tipo de produto pode ser incluído em fechamentos laterais e para se situar entre a cobertura e o fechamento, em locais onde o uso de calha não é desejado.

Telha metálica simples

Esse tipo de telha é composto por apenas uma chapa de aço, com os formatos em trapézio. Como o nome já informa, é o modelo de telha mais simples existente, não apresentando a função termoacústica.

Como você notou ao longo desse artigo, existem inúmeras opções de telhas galvanizadas. A melhor maneira de escolher o melhor tipo de telha para o seu tipo de construção, no caso, é contar com especialistas no assunto.

É possível encontrar empresas no mercado que são especializadas na fabricação e instalação de coberturas, principalmente para indústrias e grandes obras. Assim, contar com a expertise e a opinião dos profissionais é fundamental para a escolha da telha galvanizada e para sua obra, como um todo. Pense nisso antes de iniciar as atividades de construção!

E aí, gostou do nosso artigo? O que achou das informações que destacamos sobre as telhas galvanizadas? Ficou com alguma dúvida? Então, entre em contato com nossos consultores. Eles terão prazer em ajudar!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This