Regional Telhas

Treliça para telhado: o que são e quais os principais tipos?

TRELIÇA PARA TELHADO: O QUE SÃO E QUAIS OS PRINCIPAIS TIPOS?
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Foram necessários muitos avanços tecnológicos para permitir a construção de grandes prédios e outras estruturas modernas que vemos hoje em dia. Porém, algumas das técnicas mais importantes para a construção civil são resultado de simples mudanças na forma como o material é usado. Um bom exemplo disso é treliça para telhado.

Durante o planejamento do projeto, a inclusão das treliças pode fazer uma grande diferença na estabilidade da estrutura, no seu peso e no custo final. Por isso é importante entender sua utilidade, tipos e aplicações. Acompanhe e entenda melhor o assunto.

O que é e para que serve a treliça para telhado?

O nome “treliça” remete a “teia” ou “trama”. Nesse caso, ela se refere a uma estrutura de sustentação para telhas metálicas composta por várias pequenas vigas dispostas em um padrão triangular, onde duas vigas, chamadas de banzos, são interligadas por peças menores, deixando bastante espaço vazio entre elas.

À primeira vista, parece que a menor quantidade de material reduz sua resistência, mas é justamente o oposto. A forma como o material é disposto distribui o peso por toda a estrutura, evitando que ela se quebre. Além disso, menos material significa uma peça menos pesada, que é mais fácil de manusear e impacta menos nos gastos com a estrutura do projeto.

Quais são os principais tipos de treliça?

As treliças para telhado podem vir em diferentes padrões e formatos. Abaixo comentamos os principais.

Trapezoidal

O banzo superior possui uma leve inclinação, sendo usada na construção de coberturas abertas.

Triangular

Como o nome diz, sua estrutura é triangular. É mais útil na construção de pequenos telhados e para preencher vãos menores.

Pratt

Nesse caso, as estruturas diagonais da treliça, exceto suas extremidades, apontam em direção ao centro do vão. É mais indicada para extensões entre 20m e 100m.

Banzo Paralelo

As partes superior e inferior das trilhas são paralelas uma a outra, podendo se estender por um espaço bem longo. Os elementos internos seguem um padrão fixo, que pode ser em X.

Quais são os materiais usados?

Outro elemento das treliças para telhado que deve ser considerado é o tipo de material. Os dois mais comuns são:

Metal

Esse é o material mais comum na construção civil, já que possui alta durabilidade e pode ser utilizado juntamente com as lajes de concreto, além de serem mais fáceis de produzir em massa. As treliças metálicas podem ser feitas de ferro ou de aço, sendo que o último pode apresentar melhor durabilidade se for inoxidável.

Madeira

Alternativamente, é possível construir as treliças utilizando madeira de obra. Funcionalmente, ela apresenta propriedades similares à do metal, porém é mais recomendada para estruturas menores e com fins estéticos, como jardins verticais e pequenas cabanas. Também pode ser usada para fins artesanais, como na construção de telas e grades de madeira.

Agora você entende melhor a utilidade da treliça para telhado e quais são seus principais tipos. Lembre-se que, para que sua instalação seja feita corretamente, é necessário ter uma equipe bem preparada e seguir os protocolos de segurança durante a montagem.

Quer continuar recebendo mais das nossas dicas de construção? Então siga-nos no Facebook, Instagram e no YouTube.

 

EBOOK

Tipos de telha:

conheça os principais e saiba quando usá-los

Faça o download grátis no botão abaixo.